Passeios

Agendamos passeios inesquecíveis pelo Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses e região. Venha desfrutar de tranquilidade e das praias paradisíacas de Atins!

Revoada dos Guarás

Exuberante passeio pelo Rio Preguiças, onde o turista vai conhecer a confluência entre o Rio Preguiças e o Oceano, a praia de Brasília e os manguezais. O passeio é realizado no período da tarde, quando os pássaros Guarás de cor vermelho vivo (Flamingos vermelhos) voltam para seu dormitório em bandos, proporcionando um belo espetáculo da natureza. O turista ainda pode desfrutar de um belíssimo pôr do sol. O passeio é feito de rabeta (canoa com pequeno motor) ou lancha voadeira: saída às 15h30 e retorno às 18h30.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Dificuldade – Leve. Qualquer pessoa pode realizar o passeio.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos,  não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

Mandacaru

É uma vila de pescadores bela e bucólica, com um farol de 32 metros de altura de onde se avista dezenas de quilômetros de dunas, manguezais, palmeiras e cajueiros. O Farol de Mandacaru, conhecido como Farol das Preguiças, foi construído em 1940 e inaugurado em 1941, pelo então vice Almirante Morais Rego. São 160 degraus e uma vista panorâmica de Mandacaru, Atins, Caburé, Rio Preguiças, Lençóis Maranhenses e manguezais. Em Mandacaru é possível visitar várias lojas de artesanato local. O passeio é feito de rabeta (canoa com pequeno motor); aproximadamente 30 minutos da pousada.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Dificuldade – Leve. Qualquer pessoa pode realizar o passeio.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos,  não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

Vassouras

Além do delicioso passeio pelo Rio Preguiças em direção a Vassouras, uma das portas de entrada para os Pequenos Lençóis (APA – Área de Proteção Ambiental), o visitante encontrará quiosques de moradores nativos que recebem os turistas com comida típica e bebidas. No local há também uma população selvagem de macaco-prego que interage com as pessoas; uma experiência interessante e curiosa principalmente para as crianças. O passeio é feito de rabeta (canoa com pequeno motor) ou lancha voadeira: aproximadamente 50 minutos da pousada.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Dificuldade – Leve. Qualquer pessoa pode realizar o passeio.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos,  não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

Passeios de 4×4 – Lagoa Tropical

Partindo da pousada com veículo 4×4 até o ponto permitido pelo IBAMA, duração de 40 minutos, depois são mais 20 minutos de caminhada pelo deserto mágico em direção à Lagoa Tropical.  No percurso de carro, o turista passará por dentro do povoado em direção ao deserto mágico onde poderá contemplar também a fauna e flora local.  No percurso da caminhada, o turista passará por várias lagoas até chegar à Lagoa Tropical.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.
Dificuldade – Leve a médio. Qualquer pessoa pode realizar o passeio.
O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos,  não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

 


Passeio 4×4 – Canto do Atins

Passeios de 4×4 – Canto do Atins 

Passeio para almoçar no Restaurante do Canto do Atins. No percurso o turista encontrará dunas a sua esquerda e o mar a sua direita em uma das extremidades do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, além da fauna local. O restaurante oferece culinária tradicional – peixe e camarão na brasa, seu tempero é segredo e passado de geração em geração – o dono Sr. Antonio, um pescador nascido na região, sabe receber seus clientes de forma simples e simpática. Também é possível comprar artesanato local – “Imperdível”.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

 

Dificuldade – Leve. Qualquer pessoa pode realizar o passeio.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos,  não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

 


Pescaria

Pescaria no Rio Preguiças ou mar, de rabeta (canoa com motor) – Local a combinar.

Fotos do passeio

 


Voo Panorâmico

Voo Panorâmico sobre o Parque dos Lençóis Maranhense, duração de 45 minutos, percorre as mais famosas dunas, lagoas, Rio Preguiças e praias da região.

Fotos do Passeio


Caminhada até a Lagoa Tropical

Caminhada a pé no Deserto Mágico até a Lagoa Tropical, dura em média 3 horas, partindo da pousada até a lagoa (ida). Neste percurso os turistas vão se deparar com várias lagoas e fauna local, como pássaros, cabras, carneiros, cavalos, entre outros. O melhor período para realização deste passeio é pela manhã bem cedo ou pela tarde, onde será possível desfrutar da exuberante paisagem do pôr do sol.
A volta pode ser caminhando com duração de 3 horas, partindo da lagoa até a pousada  ou de veículo 4 x 4,  se assim o cliente desejar.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Dificuldade – Média a alta. O turista caminha em média 6 a 7 horas na areia.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos,  não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

 


Passeio a Cavalo

Cavalgada pelo Deserto Mágico visitando várias lagoas, dura em média 5 horas partindo da pousada. Neste percurso os turistas podem escolher entre cavalgar pelas praias ou ir pelo deserto sobre as dunas. No passeio vão se deparar com várias lagoas e fauna local, como pássaros, cabras, carneiros, cavalos, entre outros. O melhor período para realização deste passeio é pela manhã bem cedo ou pela tarde, onde será possível desfrutar da exuberante paisagem do pôr do sol.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Dificuldade – Média a alta. O turista cavalga em média 3 a 4 horas na areia
O que levar no passeio?
O turista deve usar calça comprida e roupa para banho nas lagoas e praias. Levar protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos, não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

 


Passeio de Carro de Boi

Saindo da pousada, o turista vai conhecer o povoado de Atins e sua cultura local, passando por vários destinos,  como o Igarapé, Santo Inácio I e II, praia de Atins e o porto. Esse passeio é muito procurado pelos amantes da fotografia, pois a velocidade do carro de boi permite vários clicks fantásticos e locais que não são permitidos trafegar com veículo.

O passeio dura em média de 2 a 3 horas, saídas sempre pela tarde, pois o sol já baixou um pouco e é possível contemplar o pôr do sol.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

 Dificuldade – Leve. O turista anda em média 2 a 3 horas de carro de boi.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos,  não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível.

Fotos do passeio

 


Travessia dos Lençóis Maranhenses (3 dias)

Saindo da pousada caminhando em direção a  Santo Amaro, a outra extremidade do Parque. Nesse percurso o turista leva de 3 a 4 dias de caminhada onde irá desfrutar de uma paisagem exuberante e inesquecível. São milhares de lagoas entre dunas e vegetações locais.

Primeiro dia – A caminhada é em direção ao oásis de Baixa Grande, onde será a primeira parada. É um oásis  povoado por 5 famílias nativas, que oferecem alimentação e pernoite (dormida em redes). A duração desse percurso leva em média 7 a 9 horas de caminhada. A saída geralmente é entre 3 e 4 horas da madrugada.

Segundo dia – A caminhada é em direção ao oásis de Queimada dos Britos, onde será a segunda parada. É um oásis  povoado por 7 famílias nativas, que oferecem alimentação e pernoite (dormida em redes). A duração desse percurso leva em média 4 a 5 horas de caminhada.

Terceiro dia – A caminhada é em direção a Santo Amaro,  onde o turista completará a travessia. A duração desse percurso leva em média 7 a 9 horas de caminhada. A saída geralmente é entre 3 e 4 horas da madrugada.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

 

Dificuldade – Alta. O turista anda em média 3 a 4 dias na areia. É necessário bom condicionamento físico e preparo psicológico para aventurar-se nesse passeio.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos ou tênis, produtos de higiene pessoal, não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível. Cuidado com o peso da mochila, pois são 3 dias de caminhada sobre o deserto.

Fotos do passeio

 


Caminhada de Atins a Baixa Grande (2 dias)

Primeiro dia – Saindo da pousada caminhando em direção ao Oásis de Baixa Grande onde será o destino final de ida. Na caminhada o turista irá desfrutar de uma paisagem exuberante e inesquecível  com milhares de lagoas entre dunas e vegetações locais. Baixa Grande é um oásis  povoado por 5 famílias nativas, que oferecem alimentação e pernoite (dormida em redes). A duração desse percurso leva em média 5 a 6 horas de caminhada.

 

Segundo dia  – Retorno à pousada. No percurso o turista poderá parar no restaurante do Sr. Antonio um ponto de apoio no Canto do Atins, que está localizado a 1 hora de caminhada da pousada, onde poderá encontrar uma deliciosa comida típica, a dica é o camarão grelhado.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Dificuldade – Alta. O turista caminha em média 2 dias na areia. É necessário bom condicionamento físico e preparo psicológico para aventurar-se nesse passeio.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos ou tênis, produtos de higiene pessoal, não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível. Cuidado com o peso da mochila, pois são 2 dias de caminhada sobre o deserto.

Fotos do passeio

 


Caminhada de Atins a Queimada dos Britos (4 dias)

Caminhada de Atins a Queimada dos Britos (4 dias)

Saindo da pousada caminhando em direção ao Oásis de Queimada dos Britos.  Nesse  percurso o turista levará 2 dias para a ida e 2 dias para a volta, desfrutando de uma paisagem exuberante e inesquecível  com milhares de lagoas, dunas e vegetação local.
Primeiro dia – A caminhada é em direção ao oásis de Baixa Grande onde será a primeira parada.  Povoado por 5 famílias nativas, que oferecem alimentação e pernoite (dormida em redes). A duração desse percurso leva em média 6 horas de caminhada.

Segundo dia – A caminhada é em direção ao oásis de Queimada dos Britos onde será a segunda parada. Povoado por 7 famílias nativas, que oferecem alimentação e pernoite (dormida em redes). A duração desse percurso leva em média 5 a 6 horas de caminhada. ]
Terceiro dia – Inicia-se o retorno a Atins. Saindo do oásis de Queimada dos Britos com destino ao oasis de Baixa Grande onde será a terceira parada.

Quarto dia – Caminhada do oásis de Baixa Grande até a Pousada Filhos do Vento. No percurso o turista poderá parar no restaurante do Sr. Antonio um ponto de apoio no Canto do Atins, que está localizado a 1 hora de caminhada da pousada, onde poderá encontrar uma deliciosa comida típica, a dica é o camarão grelhado.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Dificuldade – Alta. O turista caminha em média 4 dias na areia. É necessário bom condicionamento físico e preparo psicológico para aventurar-se nesse passeio.

O que levar no passeio?
Protetor solar, água, barra de cereais, frutas, boné ou chapéu e chinelos ou tênis, produtos de higiene pessoal, não esquecer é claro de uma máquina fotográfica para registrar todo seu passeio no deserto, pois o visual é sensacional e inesquecível. Cuidado com o peso da mochila, pois são 4 dias de caminhada sobre o deserto.

Fotos do passeio

Passeio de Quadriciclos (de Barreirinhas a Atins)

Passeios de Quadriciclos (de Barreirinhas a Atins)

Dependendo da época do ano dura em média de 2 a 3 horas. O percurso é feito de quadriciclos em trilhas de areia pesada por meio a sua vegetação local e dunas, passando por alguns Igarapés, pontes e povoados. Os guias irão buscar o turista em Barreirinhas, onde serão dadas dicas de pilotagem. A distância é de 27 km até a pousada.
Dificuldade – Média. O turista percorre em média 3 horas de trilha na areia. É necessário bom condicionamento físico, algum conhecimento em quadriciclos e preparo psicológico para aventurar-se nesse passeio.

Obs: O quadriciclo tem capacidade para 2 pessoas.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Fotos do passeio

 


Passeio de Quadriciclo (de Caburé a Barreirinhas)

Saída de Caburé com destino a Barreirinhas. Dependendo da época do ano o passeio dura em média de 2 a 3 horas. Os guias irão buscar o turista na praia de Caburé, onde serão dadas dicas de pilotagem. Depois seguirão por trilhas de areia e dunas nos Pequenos Lençóis (APA – Área de Proteção Ambiental), até chegar em Vassouras, onde será feita uma parada para descanso e hidratação de 15 a 30 minutos, e continuarão pelas trilhas de areia até o destino de Barreirinhas.

Obs: O quadriciclo tem capacidade para 2 pessoas.

 

Dificuldade – Média. O turista percorre em média 3 horas de trilha na areia. É necessário bom condicionamento físico, algum conhecimento em quadriciclos e preparo psicológico para aventurar-se nesse passeio.

É necessária a contratação de guia. A pousada conta com os melhores guias do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Fotos do Passeio